Pular para o conteúdo principal

Sacra rolha

O que faz alguém, como eu, que não ingere um pinguinho de bebida alcoolica, comprar um voucher para um lugar chamado Sacra Rolha? A comida, é claro! E graças ao deus gordinho feliz escolhi certo e ela não me decepcionou!

Mais uma vez fomos em um dia e em um horário em que o estabelecimento estava completamente vazio. Com tanto arrastão aparecendo na TV, teria ficado congelada de medo se isso tivesse acontecido no jantar! Para piorar chegamos logo que a casa abriu então eles ainda estavam se organizando para funcionar. Isso não foi motivo para não sermos atendidos bem. Houve uma espera entre um prato e outro, mas nada comparado ao chá de cadeira do Per Paolo (que por sinal estava a poucos metros dali).

Começamos com as bruchettas de cogumelo, montadas em pão italiano torrado com azeite e parmesão. Apesar da dificuldade em comê-las civilizadamente, estavam ótimas! O parmesão era de qualidade e ainda deixou tudo muito bonito. Nem preciso dizer que adorei o mix de cogumelos e esse molho que não sei qual era, hehe.

Ensaio fotográfico sequissi da entrada

Em sequência veio as saladas, que foram os pratos mais surpreendentes e gigantes do dia! A minha foi a Belle Époque: mix de folhas (e que folhas, muito bonitas e frescas), rodelas de palmito, mussarela de búfala, tomate cereja com vinagrete de vinho branco e lâminas de amêndoas. Na hora não chequei e faltaram os palmitos, snifs. Mesmo assim estava ótima, quantidade sucinta e suficiente de tempero e as amêndoas deixaram a salada bem mais divertida de se comer.


Fiz um bem bolado com meu amigo que não tinha cupom e acabei pedindo outra coisa do cadápio: penne ao limone, servido em um simpático cocotte (ou panelinha de criança que quase levei para casa). Não parece, mas a panela e o penne são pequenos de verdade - e mesmo assim fiquei cheia por causa da salada! Muito estranho! O molho de limone estava ótimo, azedinho no ponto certo e mais consistente que o que tinha no Paola (e que foi retirado do cardápio, mimimi).


Outros pratos pedidos foram a Salada Portobello (folhas, cogumelos, abobrinhas grelhadas, parmesão e vinagrete de pesto); Tortelli dourado (recheado com gorgonzola, com nozes e ervas) e o L'Entrecotê et frites (contrafilé grelhado com manteiga de tomilho e batatas fritas especiais). Todos muito bonitos e pareciam ser bons, em especial este último com a carne no ponto certo e os alhos que acompanhavam as batatas, hooo!


Apesar da existência de duas opções de sobremesa, nos trouxeram sem perguntar o Profiterolis com sorvete de creme. Não reclamei porque era mesmo a minha opção e estava muito bom. Seria perfeito se tivesse mais morango e/ou mais geleia de morango, afinal sempre sou da opinião que calda nunca é demais, hehehe.


Uma grata surpresa com cupons e muito recomendado para quem aprecia vinhos. Não que eu entenda muito, mas a carta deles parecia bem diversificada e o cardápio até tem as sugestões que ficam melhor com cada prato. Infelizmente vou ficar devendo essa parte!

O mais próximo de vinho que cheguei foi com o suco de uva integral =D

Ficha feliz:
  • Satisfação da gordinha: saiu rolando feliz por causa de uma salada (!!!)
  • Preju: não lembro a conta toda. O cupom dava uma salada, um prato principal e uma sobremesa de R$59,50 por R$24,90
  • Unidade visitada:
    • Rua Rio Grande, 304 - Vila Mariana
    • (11) 4304-0300
  • Horário de funcionamento:
    • Terça à sexta, das 11:00 à 1:00
    • Sábado e domingo, das 14:00 à 1:00
  • Lotação: 100 lugares
  • Site para maiores informações: http://sacrarolha.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outback

Siiim! Finalmente um post sobre o lendário Outback, diretamente da minha unidade favorita! Wow, comecei o ano escrevendo muita coisa que estava devendo para minha consciência gordinha, que alegria!
Sei que o lugar dispensa apresentações: bacanudo, atendimento eficiente, comida boa e engordativa, filas insanas e a conta um pouco salgada. Mas acho que vale muito a pena reforçar tudo isso, além de expor algumas técnicas de sobrevivência que nunca caem de moda, aiquifodis.

A primeira delas é tentar chegar lá o mais cedo possível e com metade das pessoas que se sentarão com você presentes. Se algum destes itens faltar, é sentar e esperar, e muito. Em minha última visita, fui com a minha irmã e sobrinha um pouco depois que a casa abriu para o jantar em uma terça-feira, às 17:45. Às 18:30 resolvemos olhar um pouco a nossa volta e todas as mesas estavam ocupadas, é coisa de louco.


Começamos os trabalhos pedindo os clássicos Iced tea, servidos em caneconas estilosas (cujo modelo mudou desde o…

Receita: Chá de Pobá

Era para ser divertido e gostoso... mas não foi bem assim. Estragamos muita coisa, arriscamos muito e no fim... eu nem gosto de pobá no chá porque aquelas bolinhas me dão nervoso, haha. Ainda acho mais fácil comprar pronto na Liberdade mesmo! 

Nível de dificuldade: médio, se a gente soubesse das instruções antes Porção: com o que sobrou do que deu certo, 4 copos grandes 
Ingredientes: 1 xícara (chá) de bolinhas de tapioca 2 xícaras (chá) de água 1/4 de xícara (chá de mel)1 xícara (chá) de açúcar mascavoLeite, creme de leite ou leite condensado à gostoChá preto forteAçúcar, mel ou frutose para adoçar
Modo de preparo simples: Cozinhe as bolinhas de pobá e reserve. Enquanto isso aqueça a água e acrescente o mel e o açúcar mascavo. Deixe a mistura esfriar e jogue as bolinhas. Monte em um copo as bolinhas coadas, o chá, o leite, o gelo e adoce à gosto. 
Modo de preparo com dificuldades da vida:  A únicas bolinhas que encontramos para vender na Liberdade eram branquinhas (na Casas Bueno, não est…

Receita própria: Banana com Neston

Parece bobo e realmente é: sabe o slogan do (ou da?) Neston que é algo a ver com existirem 1000 maneiras de prepará-lo? Quando eu era criança eu queria experimentar os 1000 jeitos e às vezes apelava para conseguir mais receitas diferentes: por exemplo, ter açúcar em uma e não ter geravam duas receitas, uhul!  Depois passei muito tempo sem querer ver uma lata de Neston na minha frente (sim, eu sei que agora não é mais lata mas *velhinha mode on* na minha época era *velhinha mode off*) porque eu tenho essa mania de gostar de algo e comer até enjoar. Há pouco tempo voltei a misturar esses floquinhos felizes em uma coisa ou outra, mas com moderação. 
Gostaria de dividir com vocês receitas mais legais mas cozinho tão bem quanto sei voar. Então é o que temos para hoje: Banana com Neston! \o/

Porção: 1 pratinho cheio para uma pessoa Nível de dificuldade: besta de tão fácil que é
Ingredientes: 1 banana (pode ser de qualquer tipo) 2 colheres de sobremesa de neston 1 colher de sobremesa de açúcar o…