Pular para o conteúdo principal

Per Paolo (cupom + grubster)

Eu compro tantos vouchers de compras coletivas que não consigo avisar e esperar meus amigos comprarem os mesmos. O que acontece? Odeio sair para comer sozinha, logo sempre tem um ou outro (quando não todos) que saem no preju por minha causa. Desta vez estava animada, afinal o Per Paolo também faz parte do Grubster, um site que tem uma ideia mui interessante: você reserva uma mesa, paga R$10,00 e ganha 30% de desconto na conta inteira. Nem preciso dizer que estava morrendo de curiosidade para saber no que ia dar!

Só para constar, caso alguém se encontre na mesma situação: se houver uma ou outra pessoa com cupom na mesa e uma das regras é a exigência da reserva, não é preciso marcar uma outra em separado. Faz para o grupo todo no Grubster e já era. Infelizmente, no nosso caso, a atendente não entendeu muito bem o que estava acontecendo e nos cobrou... a menos. Sério, tentaram explicar para ela e não adiantou! Bom, agora sei que o tal site esquemão funciona, hehehe.


Começando pelo começo, chegamos no recinto meia hora antes do horário reservado e a mesa já estava pronta para nós, ufa! Por outro lado, não adiantou muito esse tempo de sobra porque o atendimento foi muito, mas muito lento mesmo. É uma pena ver um lugar que usa tantos meios para se promover, consegue encher a casa e não tem funcionários suficientes para atender o povão. Sem dizer que o nosso garçom às vezes esquecia o que havíamos pedido. Esperamos cerca de 1 hora e meia pelo prato principal, muito complicado.


Pelo menos os pratos estavam ótimos! Os preços são bem salgados mas pelo menos são bem feitos e bem servidos para uma pessoa. Como eu havia passado o dia todo comendo, dividi com a minha sobrinha um filé mignon à parmegiana, arroz com brocólis e queijo e purê de batata. Simples, mas bacanudo, a carne estava ótima e bem passada (não perguntam o ponto, sorte que eu gosto assim). Os outros pratos da mesa também pareciam ser interessantes.


Fechando a janta, pedimos um fondant de chocolate com sorvete de baunilha e calda de frutas vermelhas. Além de ser bonitinho, estava ótimo! O chocolate era de matar, parecia a cobertura do amado sorvete de aniversário do Outback e sem miséria. Sorte a nossa que ela chegou muito mais rápido que o prato principal, senão sairíamos de lá só no dia seguinte!


Enfim, não recomendo uma visita, seja por conta própria, voucher ou Grubster. O lugar tem tudo para arrebentar, mas ainda não está preparado para isso. Quem sabe daqui um bom tempo eles não se organizam?

Ficha feliz:
  • Satisfação da gordinha: saiu satisfeita, mas não tá afins de esperar eles inventarem o fogo para preparar o prato de novo! 
  • Preju:
    • Voucher: de R$79,90 por R$29,90 (couvert + prato + sobremesa)
    • Bebida: R$6,00
    • Não pagamos os 10% de serviço
  • Unidade visitada:
    • Rua França Pinto, 680 loja 3 - Vila Mariana
    • Se vier por essa rua, só será possível ver a Drogaria São Paulo neste número. É necessário virar na Rua Rio Grande, à esquerda, para achar o restaurante
    • (11) 2367-1230
  • Horário de funcionamento:
    • Segunda à quarta, das 12:00 às 22:00
    • Quinta à sábado, das 12:00 às 23:00
    • Domingo, das 12:00 às 22:00
  • Lotação: 38 lugares, ouch! 
  • Site para maiores informações: http://perpaolo.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Receita: Chá de Pobá

Era para ser divertido e gostoso... mas não foi bem assim. Estragamos muita coisa, arriscamos muito e no fim... eu nem gosto de pobá no chá porque aquelas bolinhas me dão nervoso, haha. Ainda acho mais fácil comprar pronto na Liberdade mesmo! 

Nível de dificuldade: médio, se a gente soubesse das instruções antes Porção: com o que sobrou do que deu certo, 4 copos grandes 
Ingredientes: 1 xícara (chá) de bolinhas de tapioca 2 xícaras (chá) de água 1/4 de xícara (chá de mel)1 xícara (chá) de açúcar mascavoLeite, creme de leite ou leite condensado à gostoChá preto forteAçúcar, mel ou frutose para adoçar
Modo de preparo simples: Cozinhe as bolinhas de pobá e reserve. Enquanto isso aqueça a água e acrescente o mel e o açúcar mascavo. Deixe a mistura esfriar e jogue as bolinhas. Monte em um copo as bolinhas coadas, o chá, o leite, o gelo e adoce à gosto. 
Modo de preparo com dificuldades da vida:  A únicas bolinhas que encontramos para vender na Liberdade eram branquinhas (na Casas Bueno, não est…

Outback

Siiim! Finalmente um post sobre o lendário Outback, diretamente da minha unidade favorita! Wow, comecei o ano escrevendo muita coisa que estava devendo para minha consciência gordinha, que alegria!
Sei que o lugar dispensa apresentações: bacanudo, atendimento eficiente, comida boa e engordativa, filas insanas e a conta um pouco salgada. Mas acho que vale muito a pena reforçar tudo isso, além de expor algumas técnicas de sobrevivência que nunca caem de moda, aiquifodis.

A primeira delas é tentar chegar lá o mais cedo possível e com metade das pessoas que se sentarão com você presentes. Se algum destes itens faltar, é sentar e esperar, e muito. Em minha última visita, fui com a minha irmã e sobrinha um pouco depois que a casa abriu para o jantar em uma terça-feira, às 17:45. Às 18:30 resolvemos olhar um pouco a nossa volta e todas as mesas estavam ocupadas, é coisa de louco.


Começamos os trabalhos pedindo os clássicos Iced tea, servidos em caneconas estilosas (cujo modelo mudou desde o…

Doces Dulce

Mais uma dica de bairro feliz na área. Este vale a pena porque, pelo menos aqui em casa, a gente tinha um problemão para encontrar docinhos de festa de qualidade e em quantidades menores que 100. Geralmente os lugares ou pessoas só fazem muitos para festas e buffets e às vezes, justamente por causa da quantidade, não são tão gostosos. Para piorar, minha família não é muito grande e a gente também tem vontade de comer essas coisinhas sem ter um motivo de comemoração específico.


Em uma ruazinha meio escondida, apagada por causa de um supermercado que fica em frente, encontra-se um mini paraíso do doces felizes, o Doces Dulce. Olhando para a fachada ninguém dá nada, mas logo na entrada você é recepcionado por várias bandejas de doces gritando "Eu! Me leva! Uhul!".


O preço delas varia pouco (de 9 a 10 mangos de puro deleite) e tem brigadeiro, beijinho, cajuzinho, camafeu, quindim, olho de sogra, queijadinha, trufas, bombons e outros que eu nem sei o nome. Algumas são mistas e, c…