terça-feira, 26 de abril de 2016

Comida de avião - EVA Air

Até hoje só tinha experimentado as comidas horrorendas de companhias dos Estados Unidos e a coisa tava indo tão mal que a última vez que tentei comer uma parte da janta passei mal pelo resto do voo. Depois disso comecei a levar a minha própria marmita e só aceitar água das aeromoças!

Fui para Taiwan no começo deste mês pela EVA e a coisa é completamente diferente! Para começar, as aeromoças são impecáveis, estão sempre lindas (o marido havia observado isso antes e infelizmente preciso concordar) e trabalham felizes. Na hora de servir as refeições, elas trocam o blazer do uniforme por um avental rosinha feliz (que pode ser comprado na lojinha deles, haha) e quando acabam voltam a usar o blazer. É muita disciplina! Coisa que você jamais verá em um voo da American Airlines, infelizmente.

Mesmo estando na classe econômica, há um menu de opções (quem diria!) para as comidas e as bebidas. Tinha até calpis water e o chá preto era excelente (a qualidade do chá já estava subindo já no caminho para Taiwan). Também era possível ficar levemente bêbado sem ter que pagar a mais para isso. 

Calpis water
E não é que as comidas eram boas? Tinham gosto e eu não virei um balão de ar (para garantir que isso não acontecesse evitei os brocolis, heh)! Ainda tenho o problema de perder completamente o apetite no avião e não comi tudo. Eram duas refeições e entre elas ainda havia um sanduíche; na volta o remédio para dormir funcionou tão bem que eu nem vi a cor desse lanche. Ah e os potinhos eram lindos, queria trazer todos para casa! xD

Café da manhã estilo ocidental

Um voo de 15 horas é super chato, ter um bom atendimento e comida decente ajuda muito a deixar a situação menos pior. As companhias aéreas da America ainda têm muito o que aprender! 

terça-feira, 15 de março de 2016

Blue Apron

Conhecemos o Blue Apron pegando uma semana grátis para experimentar e depois pegamos outras duas vezes sem querer (esquecemos de cancelar, hehe).
É um serviço que manda para sua casa, no caso do plano que escolhemos, 3 receitas por semana com todos os ingredientes separados, medidos e praticamente pronto para serem usados. As únicas coisas que precisam ser por sua conta são ingredientes básicos (óleo, sal, pimenta, etc.), as panelas e a capacidade de seguir a receita. Chega tudo em uma caixona, que dentro ainda tem plástico bolha térmico e pacotes de gel congelado.


Geralmente elas não são muito difícies mas às vezes a gente fica com preguiça ou impaciente porque são muitos processos de uma receita que você não faz ideia de qual é e que não pode improvisar muito. Já teve uma vez que achei que era cebola demais, coloquei só uma parte do que deveria e foi a melhor decisão que tomei!


Sobre as receitas, geralmente tem sempre uma que a gente gosta menos, principalmente quando mandam bagre, que é um peixe muito sem graça e que precisa de muita coisa pra disfarçar o gosto forte. No geral é bacana, dá certo e tem também as receitas que um dia dá vontade de repetir (e aí o problema é a preguiça de comprar todos os ingredientes necessários, hehe).


Não é lá muito baratinho, são 60 dólares por semana, mas uma vez ou outra é bacana.
E não, não estou ganhando nada para fazer este post. Ainda. xD


terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Nan Zhou Hand Drawn Noodle House

Fomos para Chinatown e claaaro que a gente tinha que comer algo por lá! Do lado do mercado onde fizemos algumas comprinhas, havia este restaurante com um lindo "massa feita à mão" no meio do nome. Já havia lido alguns reviews por cima e resolvemos conhecê-lo.

Infelizmente não tem uma vitrine com um moço fazendo malabarismo com a massa como no Rong he e o atendimento também não foi lá muito bom (não fomos destratados mas ficamos um pouco de canto e a moça malemá olhou pra nossa cara). Em compensação as panquecas de cebolinha chegaram bem quentinhas, crocantes e maravilhosas e o macarrão ficou pronto ainda antes, talvez uns 2 minutos depois que pedimos!


A massa era realmente muito boa, faz toda diferença ela ser feita na casa e estar fresquinha, e só por isso a visita valeu! Pena que a sopa era muito, mas muito sem graça mesmo. Talvez tenham feito de propósito para dar destaque para a massa, só que exageraram demais na falta de gosto, haha. Eu pedi com fatias de carne, que também estavam sem graça; já o do marido era carne de porco assada e estava bem melhor. Também pedi para tirar o coentro porque ninguém merece essa ervinha do demônio, ick!


Se a sopa tivesse um pouquinho mais de emoção eu voltaria, recomendaria e faria a dança da alegria gorda na porta do estabelecimento, que também tem um espaço muito bom para grupos. Queria muito que tivesse dado tudo certo!  =(


Ficha feliz:

  • Satisfação da gordinha: saiu só meio feliz =(
  • Preju: mais ou menos US$10 por pessoa
  • Unidade visitada: 
  • 1022 Race Street - Chinatown / Philadelphia, PA 
  • (215) 923-1550
  • Horário de funcionamento: 
  • Domingo à quinta, das 11:00 às 22:00
  • Sexta e sábado, das 11:00 às 22:30
  • Site: http://nanzhounoodlehouse.com

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Surah

Pelo mesmo amigo que nos levou ao Miss Korea, conhecemos o Surah, que também é um lugar de churrasco coreano só que desta vez mais perto de casa e com um esquema muito mais em conta: 30 dólares por pessoa e podendo comer tudo à vontade - inclusive dá para ser o maluquinho dos frutos do mar e se entupir só de camarão, coisa que não faço porque tenho preguiça de tirar a casca de todos e vamos combinar que uma carne fritinha é muito mais interessante, hehe.


O ambiente é todo coreano, inclusive as músicas, e foi muito bom ter novamente alguém que sabia o que pedir e ainda pedir no idioma original, haha. Há muitas mesas, muita conversa e mesmo assim os funcionários se desdobravam para atender todos. O difícil deste tipo de lugar é que eles precisam ficar de olho nas carnes das grelhas de todas as mesas, se estão boas, se precisam ser repostas, cortadas, etc. A gente não se importava de cuidar da nossa própria carne e mesmo assim sempre alguém aparecia para cuidar da nossa grelha.


Além das montanhas de carnes que comemos (que estavam ótimas e não me arrependo de nada), também havia acompanhamentos bacanas, que também podiam ser pedidos à vontade e outros pratos que poderiam ser pedidos à parte, como uma sopa vermelha de tofu malignamente apimentada que tive o azar de querer experimentar (felizmente não pedi porque jamais conseguiria beber tudo, argh). Havia também dois molhos para comer com as carnes, ambos ótimos e meu favorito foi o de miso, para variar. xD


Estou doida para ter uma desculpa para voltar lá. Parece que também há uma opção com menos itens disponíveis por um valor mais baixo mas, já que é pra se acabar, prefiro que seja com tudo que tem direito. \o/


Ficha feliz:
  • Satisfação da gordinha: saiu rolando defumada e feliz
  • Preju: US$30 por pessoa
  • Unidade visitada: 
    • 1121 Bethlehem Pike
    • (267) 470-4310
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 11:00 às 22:30

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Mediterranean 2000

Estávamos em um bairro (acreditem) tipicamente brasileiro em Pennsylvania (o que significa que ele não era muito bonito xD) e nos indicaram este restaurante por ter uma picanha mais bacana que muito restaurante que se dizia brasileiraço.


O salão estava vazio e só havia duas moças atendendo (sendo que uma delas só apareceu bem depois) porque parecia estar havendo uma festa fechada no outro salão. A decoração é meio datada mas pelo menos tudo parecia limpo! As opções de bebida também não eram boas para mim.


Começamos com as lulas empanadas e depois pedimos pratões para dividir com a família: um peixe com molho de camarões (que estava só ok) e a tal picanha, que também vinha com arroz e feijão de acompanhamento - o que não é lá muito mediterrâneo mas devem ter adaptado por causa da clientela. Estava bom, a carne estava ótima, só poderia ser maior ou então vir um pouquito menos bem passada.


Valeu para matar as saudades! A próxima meta é achar um rodízio de carne bacanudo! \o/  


Ficha feliz:
  • Satisfação da gordinha: saiu satisfeita e ainda comeu meio pastel depois
  • Preju: uns US$25 por pessoa
  • Unidade visitada:
    • 8026 Bustleton Avenue - Philadelphia, PA
    • (215) 742-2000
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 12:00 às 22:00

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Shanghai 1

Chegamos ao Shanghai 1 por indicação do nosso advogado e com certeza não teríamos entrado lá do nada: a fachada é estreita e pouco convidativa, meio genérica. Como fomos durante a semana e o horário de janta nem havia começado, o restaurante estava vazio. Mesmo assim fomos bem atendidos e a comida chegou bem rápido!


Como os sogros são entendidos, eles que pediram tudo e nada nos desapontou (e se eles aprovaram significa muita coisa). Não sei o nome de nada e a melhor descrição são as fotos! Meus favoritos foram esse chawan de gohan com carne moída, ovos cozidos e vegetais (a carne tem um tempero mágico meio salgado, meio doce e eu poderia comer isso por meses) e os que parecem pastéis fritos. Estávamos em 4 pessoas e ainda sobrou muita coisa para levar para casa.


Não sei se no fim de semana o movimento melhora; se for o caso não é uma boa escolha por falta de espaço. Senão é tudibom, boa comida, agilidade e baratinho!


Ficha feliz:
  • Satisfação da gordinha: saiu rolando feliz e com marmita para o dia seguinte!
  • Preju: US$38 tudo, para 4 pessoas, wooow!
  • Unidade visitada:
    • 123 N 10th Street - Philadelphia, PA (Chinatown)
    • (267) 457-5363
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 10:30 às 22:30
  • Site: http://shanghai1pa.com/index.html

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Wawa

Até o momento, os hoagies do Wawa (o nome é muito legal de se dizer) são os nossos favoritos. Primeiro porque é muito fácil encontrar um no caminho (é uma rede de lojas de conveniência muito popular por Pennsylvania), passar lá e levar para casa; e também porque são realmente muito bons!

Outro detalhe muito, mas muito bom mesmo, é que não precisa falar com alguém para escolher os seus ingredientes e ter a chance de cair naquele clima chato de você indeciso e o atendente te pressionando com o olhar (ou que pelo menos você acha que é isso). É só ir em um terminal feliz e pressionar as suas preferências, aí sai um papel com a sua senha e poucos minutos depois alguém te chama por ela para entregar o lanche pronto.


Eu estou com o clássico problema de acertar na primeira tentativa e não consigo mais mudar meu pedido: cheesestake com queijo fontina, tomates e um molho italiano feliz. Neste dia o marido tinha pedido um que ficou forte demais com molhos barbecue e buffalo.


Até existem outras opções de comidinhas e bebidas (há muita variedade de café e todos os tamanhos têm o mesmo preço), que também parecem ser boas, mas é difícil entrar lá e não querer um hoagie lindão desses.


Ficha feliz:

  • Satisfação da gordinha: saiu com as bochechas sujas e feliz
  • Preju: os dois sairam por uns US$15
  • Unidade visitada: tem em vários lugares, se estiver andando por essas bandas, você vai encontrar um 
  • Site: http://www.wawa.com