Pig Nic

Como eu tinha dito no post que fiz sobre a Casa da Li, que fiz quando ela já estava para ser fechada, eu seguiria os passos dela para reencontrar aquela porchetta mágica a qualquer custo. E acabei em um food truck em Pinheiros, em um dia que precisava almoçar algo rapidinho.


Infelizmente ela não está no mesmo formato, só em sanduíche. Os pratos, a sobremesa e o especial mudam dependendo do dia. O preço, à primeira vista, não é dos mais atraentes porém os ingredientes e o atendimento são de qualidade! Já as bebidas são o ponto mais fraco, mas você está lá comendo em pé na rua, é um detalhe que nem merece muita importância.


Voltando ao principal, meu sanduíche era de porchetta com dijonese (maionese com mostarda dijon, em proporções que não agridem o paladar), fonduta de queijo e folhas verdes em uma ciabatta. Diz no site que a porchetta é servida fria, como a receita original em Roma, mas meu costume adquirido do dia-a-dia preferia que ela estivesse quente e acolhedora. Mesmo assim é um baita lanche, gostoso e que me deixou surpreendentemente cheia.


O de pernil e o escondidinho pareciam bem interessantes também, gostaria de ter a oportunidade de encontrar o food truck novamente e experimentá-los. E torcer para aquela porchetta quentinha com um limão em cima dê as caras.


Ficha feliz:
  • Satisfação da gordinha: saiu rolando foda e nem tinha como sentar 
  • Preju: R$20
  • Unidade visitada: o endereço onde ele para varia, precisa ficar de olho nas redes sociais. Eu o encontrei na Rua Fradique Coutinho, 150 em uma quinta-feira
  • Horário de funcionamento: das 11:00 às 15:00
  • Visa vale? Ainda não, mas há planos para ter. Tem maquininha de cartão!
  • Site: http://www.facebook.com/pages/PigNic-Food-Truck/687637834641933

Comentários