Pular para o conteúdo principal

Restaurant Week: Snack Point

Na última edição que teve do lindo do Restaurant Week (que já foi mais lindo em edições passadas, mas enfim, águas passadas não movem montanhas... ou algo assim. <_<) fomos visitar essa simpática unidade de lanche feliz. A ambientação é bem simples, apesar de ter vários decorativos retrô (década de 60/70/80), as mesas e cadeiras são rústicas (mas não, não tem aquele charme roots, ou do tipo, colocamos mesas velhas pra parecer cool, não, dá pra perceber que escolheram o mobiliário por serem mais baratos e ponto final!), mas nada que comprometa. Afinal, o importante é o serviço, a comida, e a gente sair rolando! \o\

Nesses aspectos, foi muito bom. De entrada havia a opção da Salada de Agrião (acompanhada de alface americana, mussarela de búfala, tomate cereja, bacon crisps e mostarda com alcaparras) e as Batatas Rústicas (acompanhadas de alecrim e molho cheddar - que era muito bom, diga-se de passagem!), bem fritas e servidas numa porção bem generosa, já que deveria ser individual. O_O

Salada (!)

Batatas (!!!)
Como principal, eram oferecidos o Galeto Desossado com Fettuccini Itália (mussarela de búfula, tomate seco e rúcula... branco, vermelho e verde, sacou, sacou? u.u) e o Mignon Milanês (sanduíche de filet mignon (de verdade!) à milanesa com rúcula, radicchio, crisp de bacon e maionese Snack). Não se deixe enganar, o tamanho MM é muito maior do que aparenta, você come, morde, abocanha... e não acaba! /o\ O que é ótimo, pq era muito bom!

Galeto

MM! @_@
No fim ainda tinha a sobremesa, que absurdamente eu já achava que não ia aguentar. Mas sou brasileiro, sou guerreiro, não desisto nunca e encaro meus desafios de frente (cof-cof!). Foram servidos o Mousse de Chocolate Snack (chocolate belga com calda de frutas vermelhas), e a Taça Churros (sorvete de doce de leite, calda de caramelo, doce de leite, farofa crocante e mini churros com mais doce de leite). Sério, nem preciso dizer o quão doce este último estava né? Mas uma vez ou outra, pra alegrar sua vida, e pra desafiar com doses cavalares de glicose os limites de uma possível e iminente diabetes em seu corpo, taí uma ótima pedida!

Cho-co-la-te!

Doce + Doce + Doce + Doce
Enfim, foi uma surpresa e tanto e uma ótima pedida. Ainda devo uma revisita lá fora do RW. Só recomendo não ficar do lado externo em épocas de calor: não tem ar-condicionado por lá e o sol pega pra rachar daquele lado.

Ficha Feliz:
  • Satisfação do gordinho: saiu rolando feliz, e quase que literalmente, pq tem uma escadinha sagaz pertinho da saída da lanchonete...
  • Preju: R$ 40 por pessoa, no almoço do RWSP2013
  • Unidade visitada:
    • Rua Cerro Corá, 968 (esq. Rua Tonelero), Alto de Pinheiros
    • (11) 3021-3709
  • Horário de funcionamento:
    • Segundas às quintas, das 11:30 às 00:00
    • Sextas e Sábados, das 12:00 às 02:00
    • Domingos, das 12:00 às 00:00
  • Visa Vale? Sim!
  • Site: www.snackpoint.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Receita: Chá de Pobá

Era para ser divertido e gostoso... mas não foi bem assim. Estragamos muita coisa, arriscamos muito e no fim... eu nem gosto de pobá no chá porque aquelas bolinhas me dão nervoso, haha. Ainda acho mais fácil comprar pronto na Liberdade mesmo! 

Nível de dificuldade: médio, se a gente soubesse das instruções antes Porção: com o que sobrou do que deu certo, 4 copos grandes 
Ingredientes: 1 xícara (chá) de bolinhas de tapioca 2 xícaras (chá) de água 1/4 de xícara (chá de mel)1 xícara (chá) de açúcar mascavoLeite, creme de leite ou leite condensado à gostoChá preto forteAçúcar, mel ou frutose para adoçar
Modo de preparo simples: Cozinhe as bolinhas de pobá e reserve. Enquanto isso aqueça a água e acrescente o mel e o açúcar mascavo. Deixe a mistura esfriar e jogue as bolinhas. Monte em um copo as bolinhas coadas, o chá, o leite, o gelo e adoce à gosto. 
Modo de preparo com dificuldades da vida:  A únicas bolinhas que encontramos para vender na Liberdade eram branquinhas (na Casas Bueno, não est…

Outback

Siiim! Finalmente um post sobre o lendário Outback, diretamente da minha unidade favorita! Wow, comecei o ano escrevendo muita coisa que estava devendo para minha consciência gordinha, que alegria!
Sei que o lugar dispensa apresentações: bacanudo, atendimento eficiente, comida boa e engordativa, filas insanas e a conta um pouco salgada. Mas acho que vale muito a pena reforçar tudo isso, além de expor algumas técnicas de sobrevivência que nunca caem de moda, aiquifodis.

A primeira delas é tentar chegar lá o mais cedo possível e com metade das pessoas que se sentarão com você presentes. Se algum destes itens faltar, é sentar e esperar, e muito. Em minha última visita, fui com a minha irmã e sobrinha um pouco depois que a casa abriu para o jantar em uma terça-feira, às 17:45. Às 18:30 resolvemos olhar um pouco a nossa volta e todas as mesas estavam ocupadas, é coisa de louco.


Começamos os trabalhos pedindo os clássicos Iced tea, servidos em caneconas estilosas (cujo modelo mudou desde o…

Receita própria: Banana com Neston

Parece bobo e realmente é: sabe o slogan do (ou da?) Neston que é algo a ver com existirem 1000 maneiras de prepará-lo? Quando eu era criança eu queria experimentar os 1000 jeitos e às vezes apelava para conseguir mais receitas diferentes: por exemplo, ter açúcar em uma e não ter geravam duas receitas, uhul!  Depois passei muito tempo sem querer ver uma lata de Neston na minha frente (sim, eu sei que agora não é mais lata mas *velhinha mode on* na minha época era *velhinha mode off*) porque eu tenho essa mania de gostar de algo e comer até enjoar. Há pouco tempo voltei a misturar esses floquinhos felizes em uma coisa ou outra, mas com moderação. 
Gostaria de dividir com vocês receitas mais legais mas cozinho tão bem quanto sei voar. Então é o que temos para hoje: Banana com Neston! \o/

Porção: 1 pratinho cheio para uma pessoa Nível de dificuldade: besta de tão fácil que é
Ingredientes: 1 banana (pode ser de qualquer tipo) 2 colheres de sobremesa de neston 1 colher de sobremesa de açúcar o…