Meu Gohan

Adoro macarrão, amo muito um udon, e nem precisa ser dos melhores para me deixar feliz. Imagine então quando fico sabendo que tem um, de um moço que trabalha no modo artístico de ser, que aprendeu a fazer no Japão e prepara só 60 poções por dia? Curiosidade gritou loucamente.
Fui em um sábado, mais ou menos meio dia no Meu Gohan (não no sentido arroz mas sim refeição) e não estava muito cheio, porém estava bem próximo à capacidade máxima: isso porque o lugar opera como boteco durante a semana e se transforma em um "udon ya" nos finais de semana, apenas no almoço.

Existem apenas 4 tipos de caldo (todos a R$17 e não são tão diferentes entre si), você pega um cartãozinho colorido referente ao que você escolheu, pega outro se for tamanho infantil ou grande (R$2 a mais) e faz o pedido direto pro chef que faz as massas, cozinha, monta o chawan, cuida dos tempuras, entrega nas mesas e ainda conversa com os clientes em português e japonês. Muita coisa para uma pessoa só! No final da fila um moço vê tudo que você comprou, soma e mostra na calculadora. Às vezes ele se atrapalha com a máquina do cartão e não te entende direito. No fim o serviço é meio lento, bagunçado e você se pergunta o que estava fazendo ali mesmo.


A comida pelo é tudibom! Peguei um tempura de abóbora kabocha e outro de aspargo (pagos à parte, varia de R$1,50 à R$2,00) e estavam ótimos! O chá verde prometia por ser matcha mas no fim não tinha gosto de nada (o que é melhor que ter um gosto ruim) e o udon é realmente muito bom, estrela principal e única do prato, muito gostoso. O caldo que pedi (bukake) estava descrito como sendo forte e ele é mesmo quando bebido sozinho mas dá um gosto diferente e mágico à massa do udon que fez tudo fazer sentido! Achei que veio pouco no meu, voltei no balcão do chef e ele colocou uma conchada a mais para mim, hehe. Ah os acompanhamentos do udon (cebolinha, wasabi, gengibre, etc.) são à vontade.


O saldo foi positivo mas não recomendo para qualquer pessoa. Precisa ter paciência, ser compreensível e não estar morrendo de fome para aproveitar bem o udon - e mesmo assim não é todo mundo que gosta o suficiente para achar que a experiência vale a pena. Mesmo tendo achado a combinação do caldo com a massa ótima não é todo mundo que se contentaria com isso (como eu disse antes, eu gosto muito de macarrão de qualquer jeito). Mais variedade de caldo com certeza ajudaria!


Ficha feliz:

Comentários