Delirium Café

Bares definitivamente não são os ambientes que mais gosto de estar, afinal não bebo e tenho tendências sociais senis (não gosto de lugares cheios de gente e barulhentos). Só mesmo o meu noivo para me fazer ir até o Delirium Café (apesar desse nome, não é um café) e encontrar com os amigos dele!

O sistema não é lá muito eficiente quando se chega ou sai um grupo grande (pior ainda se ocorrer os dois ao mesmo tempo): é preciso fazer um cadastrinho com o seu nome completo para receber um cartão-comanda no mesmo caixa onde se paga, porque só existe um! Achei que tinha demorado um pouco para entrar mas demorei ainda mais para sair, haha. A única vantagem é que cada um paga somente pelo que consumiu e depois se vira com os amigos para dividirem as comidinhas em comum.


Enquanto todas as pessoas que estavam comigo pediam caneconas de chopp (há 24 torneiras deles), eu fiquei com o meu suco de uva integral que estava muito bom - e demorei o mesmo tempo para beber 300 ml dele que os outros demoravam em 1 litro ou mais de chopp. E isso torna este post bem inútil porque não tenho nada a dizer sobre as cervejas e tal, só sei que o cardápio deles é impressionantemente grande!


Meu foco é sempre a comida e as porções pedidas foram todas muito boas! Os pastelzinhos estavam bons, o pout-porri de bolinhos também mas o melhor mesmo foram os mexilhões! Grandes e frescos, vinham em panelinhas sem miséria acompanhados de batata frita (que estavam boas, claro) em um caldo muito gostoso (dava para tomá-lo solo de tão sensacional que era). Foram-se 2 panelinhas para 8 pessoas. Ah, nem sempre eles estão disponíveis, precisa perguntar para o garçom antes.


Deve ser muito bacana para quem curte beber, há bastante lugares inclusive para grupos grandes e não tivemos problemas com atendimento como li em alguns reviews por aí - na verdade o achei muito bom. Pena não ser mesmo a minha praia. xD


Ficha feliz:

Comentários