Pular para o conteúdo principal

Boutique-Bar Nespresso [fechado, é só loja]

Depois deste tentador post do Tabeteimasu, fiquei na pilha para conhecer o Boutique-bar Nespresso. Na minha primeira tentativa o lugar estava fechado porque era feriado, foi bem triste e deixei a visita em segundo plano porque me entupi de vouchers de compras coletivas, hehe. Engraçado que por causa de um deles a tal chance apareceu porque o restaurante ficava na mesma rua (thanks Google Maps), então marquei com meus amigos de passar lá mais cedo.

Que lugar bonito! Desde a fachada, entrada, balcões, estante de copinhos, mesas, sofazinhos (que tinha as cores dos copinhos de nespresso!), cortinas... tudo muito elegante, colorido na medida certa e reconfortante. Não dava vontade de sair de lá, ainda mais com tanta bebida tentadora no cardápio!


Não precisei pensar muito para pedir o Milk Shake Ristretto, ou milk shake lindo de negresco. Eu já adoro negresco, imagina então em forma de milk shake com um toque bem leve e marcante de café com chantilly no topo? Tudibom, aquela bebida parecia um sonho. Sou muito chata para coisas muito doces, este eu não achei que estava, mas não sei se foi porque eu adoro negresco - eu já disse isso?


As outras opções pedidas na mesa foram: Glace Suzette (frapê de laranja, leite condensando, cobertura de tangerina e um toquezinho de café, foi o meu segundo favorito); Cherry Mojito (mojito não-alcoolico (?) com cerejas, perrier, limão siciliano e um copinho de café nespresso cereja que tinha um ritual para ser degustado. Sem dúvida era a bebida mais bonita da mesa) e o Fresh Vanilla (chá de pêssego com gelo de limão siciliano e nespresso de baunilha, o café era usado para derreter o gelo aos poucos para mesclar os sabores, mas esse eu não curti).

O tamanho dos copos era justo e todas foram preparadas com um primor de cair o queixo! A moça que nos atendeu era muito simpática, nos detalhou muito bem sobre as bebidas, deu dicas (haja paciência!) e era muito eficiente.

Para acompanhar as bebidas pedimos uma desgustação de mini doces, que eram bem minis mesmo e não tinham nada de mais além do preço nas alturas, não vale a pena um repeteco. Para compensar, ganhamos chocolatinhos para comer junto com as bebidas, yay!


Enfim, me apaixonei pelo lugar e com certeza quero voltar lá mais vezes! Gosto muito das casas de chá, mas esta tal de boutique bar de café me surpreendeu e me pegou de jeito. Seria muito legal se houvesse mais lugares assim também na cidade. É bom para dar uma variada às vezes, ne?

Ficha feliz:
  • Satisfação da gordinha: saiu muito feliz, praticamente pisando em nuvens!
  • Preju: cada bebida custa em média R$15,00 e a degustação de mini doces era R$22,00, ouch!
  • Unidade visitada:
    • Rua Padre João Manuel, 1164 
    • (11) 3064-9974
  • Horário de funcionamento:
    • Segunda à sexta, das 10:00 às 20:00
    • Sábado e domingo, das 9:00 às 20:00
    • Não abre nos feriados
    • Café da manhã: do horário de abertura às 13:00
  • Lotação: 80 lugares, 2 andares e mesas na parte de fora 
  • Site para maiores informações: http://www.nespresso.com

Comentários

  1. Que bacana que você conseguiu ir lá desta vez...Valeu pela citação!

    Pelo visto vocês experimentaram bastante coisas...eu achei o milk shake de Negresco meio doce...talvez por estar mais acostumado a tomar o Iced Vanilla que tem lá e é menos doce (é o nosso preferido). O Glace Suzette é muito bom também e por coincidência nosso segundo favorito...

    Da última vez fiquei com vontade de tomar o Cherry Mojito mas ia ser muita coisa já que iria almoçar ainda...fiquei na vontade...Vale a pena ou ele é mais bonito do que gostoso?

    O Fresh Vanilla deve ser novo pois não tinha quando fui...

    Os mini doces devem ser do Flávio Federico (antiga Sódoces)...pelo menos os doces maiores são de lá. Mas muito mais caros do que na loja dele...não vale a pena comer doce lá. Compensa ir até Moema e comer na loja do Flávio mesmo...

    Já o croissant de amêndoas é matador...

    Abs,
    Carlos

    ResponderExcluir
  2. Conheci a loja recentemente e me apaixonei também! Atendimento impecável, comida bem gostosinha e bebidas deliciosas. Eles sabem encantar o cliente! Quase saí de lá com uma máquina debaixo do braço! rs

    Abraços,
    Tempero Urbano
    http://temperourbano.blog.br/site/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Receita: Chá de Pobá

Era para ser divertido e gostoso... mas não foi bem assim. Estragamos muita coisa, arriscamos muito e no fim... eu nem gosto de pobá no chá porque aquelas bolinhas me dão nervoso, haha. Ainda acho mais fácil comprar pronto na Liberdade mesmo! 

Nível de dificuldade: médio, se a gente soubesse das instruções antes Porção: com o que sobrou do que deu certo, 4 copos grandes 
Ingredientes: 1 xícara (chá) de bolinhas de tapioca 2 xícaras (chá) de água 1/4 de xícara (chá de mel)1 xícara (chá) de açúcar mascavoLeite, creme de leite ou leite condensado à gostoChá preto forteAçúcar, mel ou frutose para adoçar
Modo de preparo simples: Cozinhe as bolinhas de pobá e reserve. Enquanto isso aqueça a água e acrescente o mel e o açúcar mascavo. Deixe a mistura esfriar e jogue as bolinhas. Monte em um copo as bolinhas coadas, o chá, o leite, o gelo e adoce à gosto. 
Modo de preparo com dificuldades da vida:  A únicas bolinhas que encontramos para vender na Liberdade eram branquinhas (na Casas Bueno, não est…

Outback

Siiim! Finalmente um post sobre o lendário Outback, diretamente da minha unidade favorita! Wow, comecei o ano escrevendo muita coisa que estava devendo para minha consciência gordinha, que alegria!
Sei que o lugar dispensa apresentações: bacanudo, atendimento eficiente, comida boa e engordativa, filas insanas e a conta um pouco salgada. Mas acho que vale muito a pena reforçar tudo isso, além de expor algumas técnicas de sobrevivência que nunca caem de moda, aiquifodis.

A primeira delas é tentar chegar lá o mais cedo possível e com metade das pessoas que se sentarão com você presentes. Se algum destes itens faltar, é sentar e esperar, e muito. Em minha última visita, fui com a minha irmã e sobrinha um pouco depois que a casa abriu para o jantar em uma terça-feira, às 17:45. Às 18:30 resolvemos olhar um pouco a nossa volta e todas as mesas estavam ocupadas, é coisa de louco.


Começamos os trabalhos pedindo os clássicos Iced tea, servidos em caneconas estilosas (cujo modelo mudou desde o…

Surah

Pelo mesmo amigo que nos levou ao Miss Korea, conhecemos o Surah, que também é um lugar de churrasco coreano só que desta vez mais perto de casa e com um esquema muito mais em conta: 30 dólares por pessoa e podendo comer tudo à vontade - inclusive dá para ser o maluquinho dos frutos do mar e se entupir só de camarão, coisa que não faço porque tenho preguiça de tirar a casca de todos e vamos combinar que uma carne fritinha é muito mais interessante, hehe.


O ambiente é todo coreano, inclusive as músicas, e foi muito bom ter novamente alguém que sabia o que pedir e ainda pedir no idioma original, haha. Há muitas mesas, muita conversa e mesmo assim os funcionários se desdobravam para atender todos. O difícil deste tipo de lugar é que eles precisam ficar de olho nas carnes das grelhas de todas as mesas, se estão boas, se precisam ser repostas, cortadas, etc. A gente não se importava de cuidar da nossa própria carne e mesmo assim sempre alguém aparecia para cuidar da nossa grelha.


Além das…